Ads Top

Entrevista: Una Stubbs, a Mrs. Hudson, fala sobre seu papel e Benedict Cumberbatch

Divertida entrevista publicada no início de Maio na LA Weekly. Em alguns momentos, Una assume a persona de Mrs. Hudson para responder às perguntas e, em outros, divide algumas curiosidades sobre conhecer Benedict Cumberbatch desde criança e sua forma de interpretar a personagem, baseada na sua própria relação com os atores. Clique aqui para ler no site original.




Se, assim como nós, você é fã da divina modernização de Arthur Conan Doyle feita por Steven Moffat, não é necessário apresentar a senhoria de Holmes e Watson, Mrs. Hudson, mas nós apresentaremos mesmo assim.


O que sabemos da primeira temporada da viciante série em três capítulos é que a) Mrs. Hudson aluga um apartamento a Sherlock (Benedict Cumberbatch) a um preço reduzido como forma de gratidão por ele garantir a execução do seu marido na Flórida, e b) Mrs. Hudson é um pouco bisbilhoteira, frequentemente aparecendo no apartamento do solucionador de crimes expert em tecnologia no número 221b da Baker Street (ela vive no 221a) em momentos cruciais para contribuir com seus dois centavos ou talvez se queixar em voz alta sobre alguma parte de corpo sangrenta que Sherlock esteja guardando no congelador com propósitos de pesquisa.


Mas julgando pela qualidade cinematográfica do primeiro episódio da segunda temporada, Escândalo na Belgrávia, fica claro que ela cresceu de um artifício menor da trama para uma figura materna , alguém que está ali para cuidar de dois detetives adultos que são tão inigualáveis em transgressões investigativas como são deficientes em assuntos domésticos. Que essa família improvisada pareça tão realista, deve-se em parte ao bom roteiro da série. Mas os créditos também devem ser dados a Una Stubbs, a grande veterana atriz britânica de voz estridente e estranho charme, que pegou como personagem uma viúva subscrita e a vez parecer como alguém que Sherlock e Watson poderiam essencialmente se amparar. (Pra saber o quão bem Stubbs sabe como roubar a cena, deve-se dar uma olhada nas contas de twitter e Tumblr feitas em sua homenagem.)


Se você quer saber mais sobre a relação de Stubbs com Benedict Cumberbatch e Martin Freeman, o tipo de apoios ridículos com que ela é frequentemente confrontada em Sherlock e que tipo de sobremesas ela gosta de assar, siga a página.


Um dos temas recorrentes nesta temporada de Sherlock é o quão protetores são Sherlock e Watson com Mrs. Hudson e como, em retorno, ela atua como mãe deles.
Eu gosto muito de Benedict e Martin. São homens adoráveis. Nos damos todos muito bem. E isso acabou evoluindo dessa forma. Era assim que eu era com meus três meninos crescidos. Tem uma cena onde estamos na cozinha de Mrs. Hudson e eu disse [a Benedict] "Sabe de uma coisa? Meus meninos, quando vem pra cá, vão direto pra geladeira." E aí foi assim que ele atuou na cena.


"Polegares!"
Falando em geladeiras, uma parte memorável de Sherlock é quando Watson abre o congelador e encontra uma cabeça humana. Que outras coisas o detetive consultor mais famoso de Londres mantém congeladas a 38 graus?
Polegares...e algo que deveria se parecer com um coração. E ficam perto do meu leite e coisas que eu coloco lá. É de enfurecer toda vez que eu abro. Todas aquelas coisas nojentas -- e elas realmente são nojentas na vida real. Eu acho que o coração é feito de um pedaço enorme de fígado. Os polegares são protéticos, mas muito realistas.


Você, Una Stubbs, cozinha muito?
Não cozinho mais. Não mesmo. Às vezes eu asso algumas coisas, que éo que eu gosto de fazer. Cansei dessa coisa de cozinhar. Agora eu como fora.


Que tipo de coisas você assa?
Victoria sponges. [Um tipo de bolo de pão-de-ló para ocasiões especiais] Vocês tem desses em Los Angeles? É um bolo de pão-de-ló bem leve, bem simples. Tea Brea [Um tipo de pão de forma feito com chá].  Bolo de banana. Esse tipo de coisa.

Há muita comida americana em Londres. Qual a sua favorita?
Salada Caesar e coisas do tipo. Eu engordo muito rápido, então me controlo um pouco. Eu amava hamburgueres, mas cortei.
Ocasionalmente -- como na festa de Natal de Sherlock e Watson, por exemplo -- Mrs. Hudson fica a cargo da comida. Qual a ideia dela de um arranjo apropriado para uma festividade?
Provavelmente nada muito pesado. Provavelmente mini-pizzas. Algo que não precise de um prato. Acho que chamam isso de "finger food" [Petisco].
Cena de "Escândalo na Belgrávia"
Você tem ideia do que Sherlock Holmes gosta de comer?
Acho que ele não tem um bom apetite. O que me preocupa. Eu tento fazê-lo comer. Ele só come porcarias, por isso parece tão pálido. Muitas batatinhas e provavelmente comida que passou da validade como enrolados de salsicha.

Mrs. Hudson sempre foi uma personagem muito misteriosa. Como eles explicaram o papel para você quando chegou na audição pela primeira vez?
Não explicaram. Eles só te dão o roteiro e você lê e aí você vai pra casa e trabalha a melhor maneira que você sente que o personagem deve ser e como se encaixaria com os outros. Não tem nenhuma descrição no roteiro, também. Isso foi novidade pra mim. Mas foi o que recebi.

Mrs. Hudson é muito maternal, mas ela também impõe limites com Sherlock e Watson. Ela não quer ficar  à disposição deles.
Na vida real, com meus três filhos, porque eu os criei sozinha, eu era uma mãe bem rígida. Se não haveriam, você sabe, revoltas. Então eu era assim. Você não quer ser vencida facilmente. Não é um traço muito atraente, não é?

E a história que você conhece Benedict Cumberbatch desde que ele era pequeno. Verdade?
Sim. Eu trabalhei com a mãe dele [a atriz Wanda Venthem]. Nós costumávamos sentar pra conversar no parque e eu levava meus filhos e ela estava com o Benedict. Então eu o vi pequeno, por volta de uns quatro ano. Muito educado. Um menino adorável.

Alguma vez você precisou relembrá-lo que você o conhece desde que usava calças curtas?
A mãe dele já tinha contado. Ele ficou muito feliz em me ver e nós rimos disso. Ele disse que se lembra de ficar em pé, esperando hora após hora, enquanto sua mãe e eu fofocávamos e ele disse que lembra de ficar muito ENTEDIADO. [fazendo voz de reclamação] "Vamos, Mãe!!"

Benedict  e Una
A aparência dele é bem controversa. Uma página inteira do Tumblr foi feita pra mostrar como Benedict Cumberbatch lembra muito uma lontra. Enquanto isso, outros o chamam de símbolo sexual do ano. O que pensa?
Na rua as pessoas dizem pra mim, "Ei, Mrs, Hudson!" e então, "Você consegue o autógrafo dele pra mim?". Uma menina me encontrou uma vez em um restaurante e disse, "Eu estou determinada a me casar com ele." É extraordinário. Ele tem uma aparência extremamente original, não acha? Em um minuto ele não está tão bonito. Daí no próximo minuto ele está maravilhoso. Qual o termo? Jolie laide. Uma expressão francesa para o feio-bonito.

2 comentários:

  1. Adorei essa entrevista, ela parece ser incrível. E Mrs. Hudson é demais, adoro ela tb!

    ResponderExcluir
  2. Mrs Hudson é só amor! se eu a encontrasse na rua também afirmaria fortemente que vou me casar com o Benedict,rsrs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.