Ads Top

Moffat fala sobre a quarta temporada e sugere que poderá ser a última

Primeira imagem oficial divulgada pela BBC
Em entrevista ao Telegraph divulgada hoje, Steven Moffat disse que ficaria "moderadamente surpreso" caso a quarta temporada de Sherlock fosse a última. "Mas sem dúvidas poderia ser", ele avisou.

Em abril, nós já tínhamos publicado uma matéria sobre como os rumores a respeito do fim de Sherlock, tão fortes desde 2013, ganharam substância a partir de declarações feitas por Moffat e Gatiss. No release da BBC, Moffat informou que a história de Sherlock está prestes a chegar em seu clímax e em entrevista, Gatiss disse: "Vamos fazer a quarta temporada e aí nós vamos ver". Hum. Enfim, vamos à entrevista:

A próxima temporada de Sherlock, o sucesso da BBC, pode ser a última, segundo o criador do programa alertou, já que ele sugere que Benedict Cumberbatch agora é um ator tão internacionalmente renomado que ele só continua na série por lealdade aos fãs.

Steven Moffat disse que ficou "maravilhado" que a BBC tenha conseguido manter "astros do cinema" - como Cumberbatch, que interpreta o detetive, e Martin Freeman, seu braço-direito Doutor Watson - para a quarta temporada, que está prevista para estrear no início de 2017.

Ele disse ainda: "Eu não sei por quanto tempo nós poderemos continuar. Eu pessoalmente quero mas não sou a figura mais importante nem de longe. Eu ficaria moderadamente surpreso se esta fosse a última vez que a gente fizesse o programa. Mas sem dúvidas pode ser."

Sherlock se tornou um dos programas mais populares da BBC, atraindo um culto de seguidores, e seu episódio especial ambientado na era vitoriana foi indicado a seis prêmios Emmy ontem. O episódio foi visto por mais de 12 milhões de pessoas na BBC One e essa semana a BBC Worldwide revelou que o especial foi o produto de maior exportação da companhia desde o ano passado - A Noiva Abominável foi vendido para transmissão em 216 territórios internacionais nos últimos meses, além de ainda ter sido exibido em cinemas pelo mundo, vendendo 190,000 ingressos nos EUA e Canadá e chegando ao topo do box office na Rússia, Coreia do Sul e China.

Steven Moffat disse que a próxima temporada não será baseada em nenhuma das histórias mais famosas de Conan Doyle. Ele disse: "Estamos fazendo uso de algumas histórias, mas de maneira diferente. Estamos usando histórias que as pessoas não conhecem muito.* Agora estamos usando histórias igualmente boas, mas menos conhecidas, de Conan Doyle".

Ele ainda afirmou que nem Martin Freeman nem Cumberbatch fazem a série por dinheiro, dizendo que "Nós temos dois astros do cinema no programa. Eles não têm precisado [financeiramente] desse trabalho há muito tempo. Eles voltam porque querem. Eu fico impressionado que a gente tenha chegado tão longe. Eu achei que uma vez que eles tivessem se tornado extremamente bem-sucedidos, a gente só conseguiria fazer mais uma temporada."

"Nunca vai chegar o dia em que iremos fazer uma temporada maior, porque a série se tornou isso: um prazer ocasional onde o que você tem são três filmes. É assim que funciona." Moffat disse ainda que a agenda dos atores principais se tornou muito complicada para que eles se comprometam com mais temporadas** - o programa poderia voltar só depois de muitos anos.


Ele ainda completou: "É por isso que eu acho improvável que a gente termine completamente [a história]. Não seria nada estranho se parássemos por um tempo. Poderia durar pra sempre, voltando de vez em quando."

***

*Com todos os caminhos das gravações apontando para O Signo dos Quatro, será que na verdade não teremos nada disso?

** Isso provavelmente significa que nem Benedict nem Martin renovaram seus contratos.

Grifos nossos.
   






3 comentários:

  1. Sou um grande fã de Sherlock. Por favor digam ao Moffat parar de inventar desculpas e mandar ver. Estão todos fazendo um ótimo trabalho, a série está muito boa.

    ResponderExcluir
  2. Como fã da série desejo, naturalmente, que ela perdure por muito tempo. Esta adaptação moderna do meu personagem literário preferido foi um sopro de vida em um universo tão amplo como o de Sherlock Holmes. Li e reli todos os contos, já assisti várias adaptações, mas "Sherlock" da BBC está entre as minhas prediletas. Sherlock Holmes é sem dúvida um dos personagens mais fortes já criados, supera e costuma sugar os atores que o interpretam a fundo.
    Como regalo ao fãs, deixo o link de uma preciosidade: As Aventuras de Sherlock Holmes" série que durou uma década, estrelada por Jeremy Brett (Sherlock Holmes), David Burke (Dr. Watson) e que é um das melhores adaptações que vi até hoje. http://www.dailymotion.com/video/xulws7_as-aventuras-de-sherlock-holmes-t1e1-um-escandalo-na-boemia-legendado-pt_shortfilms

    ResponderExcluir
  3. Não pode acabar já essa série é show

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.