Ads Top

Amanda Abbington e Rupert Graves falam do relacionamento de Mary e Lestrade com Sherlock

Amanda Abbington (Mary Watson)

Mary Watson
Como você se sentiu ao retornar ao set de Sherlock? 
Foi brilhante estar de volta no set, eu amo Sherlock, eu amo fazer parte disso e essa temporada é particularmente emocionante e dramática. Foi ótimo reencontrar todo mundo, vários rostos conhecidos e alguns novos também.
O que torna o trabalho em Sherlock tão especial?
O que torna trabalhar em Sherlock tão especial é o fato de que ele é tão amado pelas pessoas, que realmente sentimos que estamos fazendo algo que as pessoas estão animadas para assistir. Isso sempre nos dá um impulso adicional para realmente fazê-lo da melhor forma que pudermos. Também é ótimo reencontrar os velhos amigos, já faço parte há duas temporadas e um especial, daí é como voltar para casa. Todo mundo realmente se anima e temos momentos maravilhosos, eu adoro isso.

Você estava preocupada sobre os fãs aceitarem Mary? 
Eu estava ligeiramente ansiosa sobre isso porque ela pode ser um personagem que divide bastante opiniões. Quero dizer, ela atirou no Sherlock! Ela é bastante independente, ela é determinada e não suporta qualquer bobagem.

Como Mary está sentindo sobre a maternidade iminente?
Eles sabem que é uma menina, então eles estão muito animados com isso. Quando eu estava grávida, meu humor vivia em turbulência, aterrorizada e emocionada ao mesmo tempo e acho que é como ela vai se sentir. Isso não ficará no caminho de suas aventuras, mas certamente será o tamanho da barriga que a impedirá de sair correndo atrás das coisas. O bebê é algo que ambos estão muito ansiosos e Sherlock também na verdade, apesar do que ele diz.

Existe algo em Mary que ainda a toque em relação a sua vida como agente secreta? 
Acho que Mary vive em ambos os campos. Por um lado ela anseia pela parte de aventura de sua vida antiga, mas ainda há essa excitação com John e Sherlock. Ela também gosta da domesticidade de estar com alguém que ela ama e que a ama de volta. Ela nunca permitiu que isso acontecesse com ela antes, então estar com John a faz se sentir completa. 

Qual o impacto que Mary teve na amizade de John e Sherlock?
A principal coisa que mantém a amizade de John e Sherlock juntos é o amor que um tem pelo outro, eles são melhores amigos. Eu penso nos meus três melhores amigos e o quanto eu os amo e como eu realmente não posso ficar sem eles e é isso que esses dois tem. Eles tem esse vínculo que não pode ser quebrado e Mary não se envolve demais nisso. Na terceira temporada ela estava muito interessada em se certificar de que eles ainda tinham essa amizade e ela ainda mantém isso. Ela quer que ambos sejam felizes e tenham suas aventuras juntos.

Como você descreveria o relacionamento de Mary com Sherlock? 
A relação de Mary com Sherlock é interessante, impetuosa e turbulenta. Ele realmente gosta dela e ela realmente gosta dele. Eles são moldados do mesmo elemento em termos de suas necessidades por emoção e aventura e ambos têm um respeito mútuo um pelo outro. 

Como as personagens femininas afetam o comportamento de Sherlock? 
Ele respeita a Sra. Hudson, ele respeita a Molly e respeita a Mary. Nós o vimos crescer ao longo das quatro temporadas e tornar-se mais aberto. 
É maravilhoso que Mark e Steven escrevam personagens femininas muito interessantes, falhas e fortes. Isso é ótimo de se assistir e fantástico de interpretar. Todas nós mulheres da série amamos nossos personagens, falhas e tudo mais.

Rupert Graves (Inspector Lestrade)

Greg Lestrade
O que podemos esperar de Lestrade na quarta temporada?
Acho que essa é a minha temporada favorita! Veremos Lestrade tornar-se mais reparador processual. Não entendo nada do que está por vir, mas será surpreendente. Lestrade, de sua própria maneira encantadora, está lutando para entender o que está acontecendo.
 
Você acha que a presença de Lestrade faz Sherlock se exibir mais?
Acredito que Sherlock simplesmente não conseguiria resistir, o que ocorre é que é muito fácil se sobressair na presença de Lestrade. Não acho que alguém da capacidade de Sherlock precise se esforçar muito para brilhar na frente de Lestrade.

Lestrade gostaria de ser mais como Sherlock?
Lestrade tem uma reação dupla em relação a Sherlock. Obviamente ele fica impressionado e maravilhado com seu super cérebro e, ao mesmo tempo, com ciúmes de que Sherlock é infinitamente melhor em seu trabalho do que ele.

Quão diferente foi interpretar uma versão vitoriana de Lestrade?
Foi divertido fazer a versão vitoriana porque eu tive que reconfigurar o personagem. Eu gosto de participar das escolhas sobre o que ele usa na versão moderna, mas qual seria o equivalente na era vitoriana? Foi divertido fazer isso. O que era mais interessante era o fato de que Lestrade e todos os personagens eram projeções - era como olhar através do prisma da mente de Sherlock, reinventado não só em uma diferença de tempo, mas também através dos olhos de outra pessoa. Lestrade só existia através dos olhos de Sherlock, isso é algo divertido de se fazer.

Qual a diferença entre trabalhar em Sherlock e trabalhar em outras séries? Fizemos quatro temporadas e um especial - não é muito frequente que você faça um trabalho - seja uma peça de teatro ou um filme ou mesmo uma série de TV que você termina, mas continua voltando e encontrando as mesmas pessoas, o mesmo departamento de arte, as mesmas produções, mesmo atores... essa é a grande diferença para mim.

Fonte: BBC


LEIA TAMBÉM
- Louise Brealey: 'Quarta temporada é muito triste'
- 'Nós os veremos em suas horas mais sombrias e em seus momentos mais tensos', diz Moffat   
- 'O que iremos descobrir sobre Mycroft e Sherlock deixará tudo ainda mais interessante', diz Gatiss
- Martin Freeman: 'John gosta da adrenalina e a vida de casado não diminuiu isso'

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.